• lista de episodios - sobre
  • Programa cujo nome estamos legalmente impedidos de dizer

  • #1 - Governo Sombra estreia-se esta sexta-feira na SIC e o podcast no Expresso
  • #2 - A primeira reunião do Governo Sombra: “Vamos pedir um estúdio com piscina e jacuzzi?”
  • #3 - O duplo problema aritmético e ortográfico da “graçola” de Rui Rio
  • #4 - “Já temos matéria suficiente com Isabel dos Santos para um policial? Sim, temos”, afirma o ministro da surpresa, Ricardo Araújo Pereira
  • #5 - Governo Sombra: “Há muita gente conservadora e extremada que está no CDS, mas que devia estar no Chega!”
  • #6 - Governo Sombra: “Gerinpança, gerinsonsa, gerincoisa. Já chega de brincadeiras com palavras começadas por 'gerin'”
  • #7 - Governo Sombra sobre eutanásia: “Sou contra o referendo e a exumação de Cavaco Silva”
  • #8 - Governo Sombra: “No futebol parte-se do princípio que todas as regras de civilidade não existem”
  • #9 - Governo Sombra: “Cada pandemia traz consigo uma proposta comercial. Agora são as máscaras”
  • #10 - Governo Sombra sobre a Operação Fora de Jogo: “O futebol português é uma lixeira”
  • #11 - Especial Covid-19: Tudo aquilo que precisa saber para gerir a sua vida face à pandemia
  • #12 - Governo Sombra sobre a nova pandemia: “A nossa relação com o nojo pode explicar a obsessão com o papel higiénico”
  • #13 - Governo Sombra: “Este fechamento de pessoas em casa não tem efeitos hoje ou amanhã. Psicologicamente é perigoso”
  • #14 - Diário da Emergência do Governo Sombra: “Isto aqui não vai ser o telejornal”
  • #15 - Diário da Emergência do Governo Sombra #2 “Qual o entusiasmo dos deputados do PSD para estarem no plenário?”
  • #16 - Diário da Emergência do Governo Sombra #3 “Há um movimento sinistro de arranjar culpados para um vírus”
  • #17 - Diário da Emergência do Governo Sombra #4 “O método de apedrejar doentes parece-me um encanto”
  • #18 - Governo Sombra: “Se a União Europeia não chegar a uma solução comum, não há União Europeia”
  • #19 - Diário da Emergência do Governo Sombra #5 “Os chineses só deviam ter libertado esta pandemia depois do 5G”
  • #20 - Diário da Emergência do Governo Sombra #6 “A quarentena do rei da Tailândia dá gosto, fechado em casa com 20 concubinas”
  • #21 - Diário da Emergência do Governo Sombra #7 “Na Suécia dizem que não é preciso distanciamento social, porque isso é ser sueco”
  • #22 - Diário da Emergência do Governo Sombra #8 “Uma coisa é quarentena num T2 na Arrentela, outra coisa é ter um quintal para espairecer”
  • #23 - Governo Sombra: “Os epidemiologistas deviam reunir-se para perceber quem ganha o campeonato”
  • #24 - Governo Sombra: “Rui Rio cheira a naftalina autocrática. Ele devia fazer um esforço para a combater”
  • #25 - Governo Sombra: “Queremos, em nome de algum conforto, abdicar da liberdade?”
  • #26 - Governo Sombra: “A minha sensação é que há mais adultos do que crianças a ver a telescola para meter excertos na internet”
  • #27 - João Miguel Tavares no Governo Sombra: “O Governo não foi corajoso em relação às escolas”
  • #28 - João Miguel Tavares no Governo Sombra: “Confinamento de etnias não é só uma baboseira, é um salto que André Ventura deu”
  • #29 - Governo Sombra e a “intrigalhada política” entre Centeno, Costa e Marcelo: “Descoberta a cura para a abertura dos telejornais”
  • #30 - Governo Sombra e a cultura: “Os artistas não podem fazer take away, falta peso político ao Ministério da Cultura”
  • #31 - Governo Sombra: “Qual é a melhor maneira de alguém se tornar milionário? Ser bilionário e comprar uma companhia de aviação. É um perdócio”
  • #32 - Governo Sombra: “A burocracia é o que impede que o dinheiro da Europa acabe nos bolsos do costume”
  • #33 - Governo Sombra: “É preciso andar bastante distraído para dizer que não há racismo em Portugal”
  • #34 - Governo Sombra sobre a Champions: “O meu orgulho pátrio está no cume. Fiquei com vontade de escrever uma epopeia”
  • #35 - Governo Sombra: “Minha rica DGS, dos conselhos sem igual, diz-me agora o que fazer no passado Carnaval”
  • #36 - Governo Sombra: “Abrimos solenamente as fronteiras e teremos de fechá-las se correr mal”
  • #37 - Governo Sombra: “Um juiz como Carlos Alexandre deve estar muito tentado a adotar um espírito justiceiro”
  • #38 - Governo Sombra: “Na 'real politique' António Costa está a ser um oportunista sensato”
  • #39 - Governo Sombra: “Rui Rio pode vir a ser mais perigoso que André Ventura”
  • #40 - Governo Sombra: “Este pessoal vive no mundo dos drinks e não sabe realmente o que passam as pessoas comuns”
  • #41 - Governo Sombra: “Um professor ir dar aulas no mês de Setembro é tão importante como um médico tratar dos doentes”
  • #42 - Governo Sombra: “Existe falta de quadros e de gente com qualidade e isso nota-se. A pobreza do país nota-se”
  • #43 - Governo Sombra: Ana Gomes é 'o elefante' na sala socialista?
  • #44 - Governo Sombra: “Não foi muito inteligente Costa associar-se a um candidato que é arguido e um dos maiores devedores do BES”
  • #45 - Governo Sombra: “Esta história de utilizar a covid-19 como desculpa pra tudo chama-se Portugal”
  • #46 - Governo Sombra sobre os drones militares que não funcionam: “este tipo de negociatas pulula pelas Forças Armadas”
  • #47 - Governo Sombra sobre o Tribunal de Contas: “Isto só mostra que António Costa é um espertalhão e Rio um palerma”
  • #48 - Governo Sombra sobre a pandemia: “O voluntório é o voluntário que se torna obrigatório”
  • #49 - Governo Sombra sobre o TGV: “Com menos uma ou duas autoestradas, já se tinha despachado o comboio”
  • #50 - Governo Sombra: “O papá diz que não se pode sair do concelho, mas a mamã diz que é só uma recomendação, por isso não tenho certezas”
  • #51 - Governo Sombra: “Esta ideia de confinamento é uma espécie de asfixia auto-erótica”
  • #52 - Governo Sombra sobre a morte no SEF: “o Estado português matou um homem”
  • #53 - Governo Sombra: “A melhor maneira de enfrentar André Ventura é gozar com ele”
  • #54 - Governo Sombra: “Passamos do racismo para o racismo do anti-racismo”
  • #55 - Governo Sombra sobre o plano de vacinação: "Em princípio, planos portugueses falham"
  • #56 - Governo Sombra: “O SEF é o Sevícias a Estrangeiros em Fronteiras”
  • #57 - Governo Sombra: “Não dar palco a André Ventura é o mesmo que tentar apagar um incêndio com a boca”
  • #58 - Balanço de 2020 do Governo Sombra: “O policiamento obsessivo das consciências passou do confessionário da Igreja para as redes sociais”
  • #59 - Governo Sombra: 12 desejos para o ano de 2021, com a ajuda de Maria José Morgado
  • #60 - Governo Sombra: “Se o debate fosse entre Ventura e uma cadeira vazia, votava na cadeira vazia”
  • #61 - Governo Sombra: “Com taxa de abstenção prevista entre 70% e 80% nas presidenciais, está tudo em aberto”
  • #62 - Governo Sombra: “Tivemos insultos, gritaria, insinuações e pedrada/pastilhada” nesta campanha
  • #63 - Governo Sombra: “Chamem-me maluco, mas, em princípio, quem fica à frente nas eleições ganha”
  • #64 - Governo Sombra: “Parece que voltamos ao pré-25 de abril, há a sensação de que ler é traficar”
  • #65 - Governo Sombra: “A sintonia entre Marcelo e Costa não pareceu assim tão clara esta semana”
  • #66 - Governo Sombra: "Passos Coelho aparece como salvador da direita, mas foi ele que inventou André Ventura"
  • #67 - Governo Sombra: “Eduardo Cabrita lembra-me o poema que diz ser preciso dissolver o povo porque este não serve”
  • #68 - Governo Sombra: "Quem deseja uns novos anos 20 vai ter que levar com os novos anos 30"
  • #69 - Governo Sombra: um plano de desconfinamento com um quadrado e a conta-gotas
  • #70 - Governo Sombra: "Se Nuno Graciano quer combater a libertinagem que vá para catequista"
  • #71 - Governo Sombra: “António Oliveira não tem nada a ver com futebol há 15 anos? É esquisito, temos visões diferentes”
  • #72 - “Antes as pessoas iam da política para a televisão. Agora é ao contrário. A crónica criminal é o sítio onde o recrutamento é acirrado”
  • #73 - Governo Sombra sobre Operação Marquês: “Senti que estava a assistir a justiça quântica”
  • #74 - Governo Sombra e o livro de Sócrates: “As indignações são muito mais convincentes do que as explicações”
  • #75 - Governo Sombra: "Havia de chegar o dia em que o político/comentador Medina se comentava a si próprio"
  • #76 - Ricardo Araújo Pereira no Governo Sombra: "Tenho duas mágoas na vida: nunca fui convidado para a Maçonaria e orgias também não"
  • #77 - Governo Sombra: "As mulheres estão fartas, fartinhas, e com muita razão"
  • #78 - Governo Sombra: “O grande calcanhar de Aquiles de António Costa é a responsabilização”
  • #79 - Governo Sombra: “Azeredo Lopes é um dos 4 cavaleiros do apocalipse”
  • #80 - Governo Sombra:“Se a Polícia mete o bedelho em guiões, os guionistas ainda farão trabalho policial”
  • #81 - Governo Sombra: “Quanto mais branco fores mais direitos tens”
  • #82 - Governo Sombra sobre os dados dos ativistas russos: “É caso para pedir a demissão de Medina? É absolutamente evidente que devia demitir-se”
  • #83 - Governo Sombra e o desacordo entre Marcelo e Costa. É política ou saúde pública?
  • #84 - Governo Sombra: “De que serve a Presidência do Conselho da UE se nem se pode assinar uma cartinha?”
  • #85 - Governo Sombra: “Esta insensibilidade faz de Cabrita a caricatura de um vilão dos desenhos animados”
  • #86 - “Cúmplice, conivente ou totó. Pode um totó dirigir o Benfica? Não recomendo Rui Costa e toda a direção que esteve ao lado de Vieira”
  • #87 - Governo Sombra: “Vieira demorou até ao final do filme a perceber que estava morto”
  • #88 - Governo Sombra: Ministro da remodelação, do deserto e dos subalternos
  • #89 - Governo Sombra: Otelo, Simone Biles e um primeiro-ministro “irritantemente otimista”
  • #90 - Um título é só um título
  • #91 - Choninhas, selfies com terroristas e um juiz a pedir umas bastonadas
  • #92 - PUB LEXUS
  • #93 - No país patusco da campanha autárquica
  • #94 - Eleitoralismo, negacionismo e bunda
  • #95 - A semana horribilis do PS, Rendeiro ao fresco e a clitóride
  • #96 - Pecados e crimes, um “de” a menos e outras minudências
  • #97 - Dar o corpo à ciência, mais crise menos crise
  • #98 - Incertezas e contas de cabeça
  • #99 - Bem-vindos à crise política
  • #100 - Cenários, cenários, cenários. E saudades do cefalópode
  • #101 - Maçanetas,  fechaduras e diamantes de refugo
  • #102 - O que se propala e o que se propaga
  • #103 - O PSD-R, a ministra que chora e as cadelinhas
  • #104 - O passageiro Cabrita, as listas de Rio e os milhões da bola
  • #105 - Bóias, cautelas e etnias
  • #106 - Sebastianismo vacinal e a falta de noção
  • #107 - Sobre a vaca de fundo e outros jogos de fortuna e azar
  • #108 - 12 Desejos para 2022
  • #109 - Vamos mitigar a lapidação?
  • #110 - Da Marcelingonça à javardice (ida e volta)
  • #111 - Notícias do zoológico eleitoral
  • #112 - Últimas reflexões antes de votar
  • #113 - Achtung! ou Do empate técnico à necessidade de comer o chapéu
  • #114 - Regras para a próxima pandemia e as cadeiras que ninguém quer
  • #115 - A mais breve história de Portugal (do pikachu na cama ao banco… de jardim)
  • #116 - A guerra torna tudo o resto irrelevante (ou De Putin a Ribau Esteves)
  • #117 - Quem não tem respostas faz perguntas nervosas
  • #118 - Horrores da guerra, um português em dificuldades e uma ideia do Kirill
  • #119 - A ameaça da folha em branco, um oligarca pelintra e o photo finish de Marcelo
  • #120 - Os impasses da guerra e os entretenimentos da paz
  • #121 - Uma semana de estalo
  • #122 - Cenas domésticas e contributos para a paz
  • #123 - Paz, ar condicionado e o martelo da força
  • #124 - Resistência, presidência e Governo Sombra
  • #125 - Não há excesso de distância: Putin, Guterres e Le Pen
  • #126 - Queimem-se as fitas e outras cenas
  • #127 - Famiglia, pilinhas nazis e o regresso do RT
  • #128 - Putin, promotor da NATO, Sócrates e a velocidade do TIR
  • #129 - A vacina de Kissinger, o mau conselheiro e o laranjal sem sumo
  • #130 - A rainha e os três colegas
  • #131 - Teorias da conspiração e Vieira no Dia de Camões
  • #132 - Os bons modos e a barriga da grávida
  • #133 - O problema do SNS é o bacalhau à brás
  • #134 - A história do ministro que entrou de peito feito e saiu de fininho
  • #135 - Por entre este calor de ananases
  • #136 - Amplo, alargado e estrutural
  • #137 - O Almirante e o estrado da nação
  • #138 - Crimes, pecados e tranças
  • #139 - Que é feito da silly season?
  • #140 - Plebeísmos depois da Rainha
  • #141 - O caminho das spyflugas
  • #142 - “Rendam-se, pá, que a vida está cara”
  • #143 - Acta incompleta, mas não rasurada
  • #144 - Incompatibilidades e meteoritos
  • #145 - A semana horribilis de Marcelo
  • #146 - Sopa de tomate e factos políticos
  • #147 - Para whisky é que não, ó meninos!
  • #148 - Bolsonaro, Lula, os vistos gold e o governante mudo
  • #149 - Do vasto mundo ao “rebenta a bolha” (ou vice-versa)
  • #150 - Costas com mau ambiente e Marcelo vai à bola
  • #151 - Gente a menos e ludopélio a mais
  • #152 - Política tântrica, proparoxítonos terapêuticos e espírito natalício
  • #153 - O psicodrama de Ronaldo e o resto (inclui alterações climáticas)
  • #154 - Queques, guinchos e sacos de dinheiro
  • #155 - EXPRESSO 50 ANOS
  • #156 - Do pimbal à guerra já com 300 dias
  • #157 - 12 desejos para 23 e um secretário-geral
  • #158 - Viva a estabilidade
  • #159 - 36 perguntas?! Bastava uma (pergunte-nos qual)
  • #160 - Às almas! Às almas!
  • #161 - Emojis e roupa suja num palco milionário
  • #162 - Constitucionalismo para totós
  • #163 - O fundamental e o acessório
  • #164 - Topiária, sotainas e puxões de orelhas
  • #165 - O prato de resistência e o problema da habitação
  • #166 - Tudo sobre trafulhice (alegada trafulhice), hélas!
  • #167 - A semana horribilis da Igreja
  • #168 - Rezas, queixas e triplo salto de chapéu
  • #169 - É o burlesco que nos salva
  • #170 - A globalização do disparate e etc.
  • #171 - O pesadelo da tutela
  • #172 - Os Livros da Semana: Poesia beat, a pesca da sardinha, ficção científica filosófica e amor, aliás, Amor
  • #173 - Casos, casinhos e paredes que falam
  • #174 - Os Livros da Semana: natureza sagrada, ilustração portuguesa e um enquadramento de Boaventura
  • #175 - IVA zero, rabos ao léu e o parecer que nunca existiu
  • #176 - Os Livros da Semana
  • #177 - Arruaça e fúria gelada - em exibição no Canal Parlamento
  • #178 - Os Livros da Semana: Paul Schrader, teatro de revista, fosforozitos de Robert Walser e o agente Jorge Jardim
  • #179 - Gelados sob um céu bonito, imaturidade e indignações
  • #180 - Livros da Semana: Salman Rushdie, viagens, Putin e diários de Rentes de Carvalho
  • #181 - Livros da Semana: Kafka, Espada, Mann (mas o Heinrich, não o Thomas) e Rabelais
  • #182 - Chamem a Judite
  • #183 - Livros da semana: Kiarostami, António Araújo, Raul Brandão e Luísa Neto Jorge
  • #184 - Galambada, Pinheiro e Maria Eugénia
  • #185 - Cacharolete de coisas e coisinhas
  • #186 - Livros da Semana: Céline, Mónica, Turgeniev e Miguens
  • #187 - Livros da Semana: Linda Nochlin, Ruy Castro, Colecção PERERÊ e Flaubert
  • #188 - Drones, politiquice e ventos de Espanha
  • #189 - Livros da Semana: Nada Mais do Que a Verdade, o Árabe do Futuro, Uma Família em Bruxelas e uma antologia de Osip Mandelstam
  • #190 - O xerife, os aforradores e o machismo cronológico
  • #191 - Livros da Semana: Nada, Nada, Nada, Ensaio Histórico, Salazar Confidencial e A Vida Airada de Dom Perdigote
  • #192 - Ramos mortos, caricaturas e funerais políticos
  • #193 - Livros da semana: Rui Cardoso Martins, Patrícia Mamona, Voltaire e uma comédia racial
  • #194 - Costa foi à bola e outros temas candentes
  • #195 - Livros da semana: Rulfo, Sousa Lobo, Mandelstam e Sontag
  • #196 - Javardeira e brincadeiras parvas
  • #197 - Livros da semana: Patricia Highsmith, Montefiore, Proust e um treinador de futebol
  • #198 - Moscatel, fortimel e outras coisas sérias
  • #199 - Ministros loquazes e lições de ironia
  • #200 - Livros da Semana: Repouso, Direita, alimentação e progressiva
  • #201 - Diagnósticos ao cair do pano
  • #202 - O perde-ganha, o Professor Marcelo e a maldição de Picoas
  • #203 - Os livros da semana: Geoff Dyer, Voltaire, Aretino e uma novela gráfica
  • #204 - Livros da semana: O mar, a fé, o filósofo conservador e contos para dormir descansado
  • #205 - Pinóquio, o “piquito” e a crise da habitação
  • #206 - Livros da semana: Pina, Flaubert, BD e poesia
  • #207 - Silêncio que se vai falar do silêncio
  • #208 - Macavaquiavel e outros comandantes supremos
  • #209 - Os Livros da semana: Coreias, Mulheres, Teatro e Machado de Assis
  • #210 - Livros da semana: Almodovar, design gráfico, o primeiro ludita e o diabo de Marketing Twain
  • #211 - Camilo, a censura e a TAP
  • #212 - Livros da semana: Martim Moniz, Gabo, mulheres atrás das câmaras e o fim de um regime
  • #213 - Fanáticos de todo o mundo, uni-vos
  • #214 - Não é o futebol que nos vai salvar? Pois não, agora só nos falta saber o que será
  • #215 - Livros da semana: arquitectura, paisagem nas artes, guerras culturais e um clássico
  • #216 - Livros da semana: jazz, Fernão Mendes, uma pessoa comum e o estigma da depressão
  • #217 - Aqui há pipis (e não se evita a palavra massacre)
  • #218 - O rei vai seminu… e outras pérolas da semana
  • #219 - Livros da semana: Rituais, política decente, mulheres iranianas e Dom Camilo
  • #220 - Vácuo, trincheiras, abacates e melancias
  • #221 - Os livros da semana: Lobo Antunes, Gramsci, guerra fria e algoritmos
  • #222 - Livros da semana: Montefiore, Jähner, Fleur e Horácio
  • #223 - Trolai-vos uns aos outros
  • #224 - E de repente… acabaram as guerras
  • #225 - Livros da semana: Baptista, Raposo, Baldwin e Tolstói (aliás, Saramago)
  • #226 - Rei (quase) morto, rei (em breve) posto
  • #227 - Livros da semana: nomadismo, colonialismo, surrealismo e loucura
  • #228 - Da conxiunalidade da zaragata nas inxuições
  • #229 - Os livros da semana: fascistas russos, atraso português, mitos da história de Portugal e o quotidiano à luz dos clássicos
  • #230 - Oxímoros e tautologias entre a juventude de Évora
  • #231 - O Dr. Meu Filho e o pistolão, Montenegro e o grupo de trabalho
  • #232 - Livros da semana: os românticos, a tentação de Cristo, uma novela gráfica e o riso de Rabelais
  • #233 - Livros da semana: Monbiot, Kaminsky, Thomaz e Hélia Correia
  • #234 - Roupa suja e traquinices
  • #235 - Livros da semana: Arrabal, Szymborska, Montesquieu e uma porca
  • #236 - Sobre Fantasmas de Natais Passados (e, quiçá, futuros)
  • #237 - Os livros da semana: títulos a publicar em 2024
  • #238 - As figuras-sombra do ano
  • #239 - Livros da semana: um Nobel e um clássico, auto-ajuda e História
  • #240 - Vagas de fundo e dissoluções
  • #241 - Livros da semana: Tisanas, poesia mística, História de Arte e feminismo
  • #242 - Vítimas improváveis e o triunfo da gola alta
  • #243 - Os livros da semana: ensaio, romance, cartas e poesia
  • #244 - O avô fascista, Cavaco a ser Cavaco e um boné para Pedro Nuno
  • #245 - Livros da semana: um filósofo francês, um policial sueco, um clássico italiano e um polaco em inglês
  • #246 - Justiça e política, Sócrates e Albuquerque
  • #247 - Livros da semana: a mulher mais poderosa do mundo, correspondência afetuosa de discordâncias, José Paulo Fafe e... uma exposição?
  • #248 - Polícias, agricultores e crescimento económico
  • #249 - Livros da semana: uma história das vacinas, um clássico da mangá, ensaios sobre cinema e as cabeças dos líderes políticos
  • #250 - A avó Mortágua, a tentativa de fuga de Montenegro e o embaraço insular do PS
  • #251 - Debates, Justiça e o ‘sub-cão’
  • #252 - Livros da semana: ditadores 2.0, um facínora à solta, conservadorismo e a imagem dos heróis
  • #253 - Os Livros da Semana: filosofia, bibliotecas, tradutores e um protagonista discreto
  • #254 - Votos, lágrimas e farsa
  • #255 - Os livros da semana: poesia zen, uma novela gráfica, a biografia de um político e ensaios de um mestre
  • #256 - Tinta verde, campanha ao rubro
  • #257 - Livros da semana: uma fuga, uma celebração, um alerta e uma biblioteca
  • #258 - Dia de reflexão (sem mordaça)
  • #259 - Livros da semana: de Porcos Fascistas à memória do 25 de Abril
  • #260 - O ‘não é não’ e o jogo do perde-ganha
  • #261 - Livros da semana: Mestres, bandidos, artes tipográficas e kitsch
  • #262 - Vitórias, derrotas e vida de hotel
  • #263 - Livros da semana: Kafka, Carrilho, Dongpo, Pedreira
  • #264 - Acordos, birras e dissoluções
  • #265 - Livro da semana: Matos Gomes, Scruton, Tarantino e Pina
  • #266 - Quinas, castelos e um cheirinho a pré-campanha
  • #267 - Passos, Montenegro e umas orelhas a arder
  • #268 - Livros da semana: cravos e cardos, revolução, censura e O’Neill
  • #269 - Os livros da semana: vergonha, bd, contos e memórias
  • #270 - Promessas, influências e línguas soltas
  • #271 - Livros da semana: Um romance, um debate já antigo, outro romance e uma exposição
  • #272 - O comentador que já não é e o comentador que voltou a ser
  • #273 - Introdução
  • #274 - Os livros da semana: um ladrão, um músico, a figura do pai e uma faca nos dentes
  • #275 - Um ministro acossado e um governo no seu labirinto
  • #276 - 2268 dias na vida de Ricardo Salgado: estreia do novo podcast da SIC Notícias
  • #277 - Livros da semana: ambiente, efeméride, ilustração e fotografia
  • #278 - Táctica, perguntas e a homenagem ao zarolho
  • #279 - A agenda do banqueiro do regime: um manual de influência política. Oiça aqui o 2º episódio do podcast A Agenda de Ricardo Salgado
  • #280 - Os livros da semana: cânhamo, justiça e contos
  • #281 - Aeroportos, pontes e alta velocidade: o milagre das obras sem custos
  • #282 - Durão Barroso e Ricardo Salgado: uma amizade iluminada pela China
  •  

     

    Transcrições dos episódios do podcast Governo Sombra

    Feitos com uma mistura de Rust, whisper.cpp, e amor.

    Uma estupidez por Duarte O.Carmo

    Source code